A tarde desta terça-feira foi marcada por temporais e ventos fortes em Santa Catarina. Conforme a Defesa Civil do Estado vizinho, rajadas de quase 130 km/h, impulsionadas por um ciclone extratropicla, foram registradas em Urupema, Indaial e Bom Jardim da Serra.
Diversas cidades catarinenses registraram ventos muito fortes. Em Balneário Camboriú, moradores fizeram imagens da força do ciclone. Janelas de prédios foram quebradas e equipamentos de segurança de construção civil foram carregados pela tempestade.
O Oeste Catarinense também registrou destruição. Cidades como Chapecó e Palmitos, ambas na região, também foram atingidas pelo fenômeno.
Em várias regiões do Estado, houve relatos de destelhamento de casas, quedas de árvores, estragos em empresas e veículos atingidos pelo que foi carregado pelo temporal.
Há o alerta para a formação de um ciclone extra-tropical na costa catarinense. Por conta disso, não está descartada a presença do fenômeno no território gaúcho nesta quarta-feira. Além disso, as chuvas devem permanecer em território catarinense, perdendo intensidade apenas na segunda metade do dia.
Mais de um milhão de consumidores ficaram sem energia elétrica no Estado ao longo desta terça-feira. Além disso, parte da população segue sem telefone e serviço de internet.

Deixe seu Comentário