A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (29), operação que tem como alvo um laboratório gráfico que falsificava notas de real em Três Coroas, no Vale do Paranhana. Duas pessoas foram presas em flagrante: o homem apontado como chefe da organização, detido na cidade, e um médico, preso em Torres, que negociava por redes sociais e enviava notas falsas pelos Correios. Eles não tiveram os nomes divulgados. Fonte: ZH

Deixe seu Comentário