No período de 10 dias, cobrança em Gravataí estará valendo somente na antiga praça.
Em Santo Antônio da Patrulha, o pagamento nos dois sentidos começará também no próximo dia 15
A partir desta quarta-feira (5), motoristas que trafegam pela freeway entre Porto Alegre e o Litoral Norte serão orientados sobre as mudanças nas praças de pedágio de Gravataí e de Santo Antônio da Patrulha, que começam a valer a partir da 0h de 15 de agosto. Em Gravataí, a nova estrutura, localizada no km 60 da rodovia, vai funcionar em operação assistida nesse período de 10 dias, sem cobrança de tarifa. Essa praça substituirá a atual, no quilômetro 77, que seguirá com pagamento obrigatório até o próximo dia 15, segundo a CCR ViaSul, concessionária que administra a rodovia. Em ambas as praças, os motoristas serão informados sobre a mudança ao passar pelas cancelas.
— O primeiro objetivo é orientar os motoristas sobre a nova condição de cobrança, o local da praça, condicioná-lo em relação às questões geométricas da praça de pedágio, o posicionamento dele na cobrança manual, na cobrança automática. Os motociclistas também. Todo esse aspecto de orientação para o motorista realizar o pagamento do pedágio — informa o gestor de Atendimento da CCR ViaSul, Diogo Stiebler.
A transferência da praça de pedágio é esperada há anos pela comunidade de Gravataí e dos municípios do entorno e vista como uma alternativa para diminuir o tráfego das vias municipais, principalmente no deslocamento para Porto Alegre.
No pedágio de Santo Antônio da Patrulha, a mudança será no fluxo dos dois sentidos das vias. A praça passará a ter cobrança em ambos os sentidos, com valor de R$ 4,60. Atualmente, há apenas uma tarifa em sentido único para quem trafega em direção a Osório, no valor de R$ 9,20. Entre esta quarta-feira e 15 de agosto, a operação no sentido Litoral Norte-Porto Alegre também será assistida, sem cobrança e com reforço de informações aos usuários. O serviço de orientação também ocorrerá no sentido que já conta com pagamento de tarifa.
Em razão da pandemia de coronavírus, a CCR ViaSul está evitando a distribuição de materiais físicos, como panfletos informativos. Além da comunicação verbal, os usuários serão orientados por meio de divulgação em painéis de mensagens na rodovia e alertas neste site. Dúvidas podem ser esclarecidas por meio do telefone 0800-000-0290.
Durante essa fase de testes, as equipes da CCR ViaSul também vão realizar os últimos treinamentos práticos, como ajuste de transações e no sistema de arrecadação.
— O sistema de arrecadação passa, nesses 10 dias, por uma série de testes de estresse mesmo com a passagem dos veículos, justamente para a gente chegar no dia 15 e não haver nenhum tipo de problema frente às questões operacionais junto ao usuário — pontua Stiebler.
Atenção nas primeiras horas de cobrança
Como a operação da nova praça e a desativação do atual pedágio em Gravataí ocorrerá a partir da 0h de 15 de agosto, alguns motoristas que trafegam por esse trecho perto dessa faixa de horário poderão cruzar os postos em meio à troca. Para evitar transtornos, como pagamento em duplicidade, equipes da CCR ViaSul marcarão presença nesses locais para orientar e auxiliar os motoristas.
Obras
Atualmente, a freeway conta com cinco obras de acesso e saída da rodovia, todas com finalização prevista para fevereiro de 2021, de acordo com a CCR ViaSul. Uma delas é a construção de uma alça de acesso no quilômetro 83, em Cachoeirinha, na Região Metropolitana. A intervenção é esperada há anos pelos moradores do município e permitirá o ingresso e a saída da cidade em direção ao Litoral. Atualmente, os motoristas de Cachoeirinha só conseguem acessar a freeway rumo à Capital. No outro sentido, é necessário trafegar até a Avenida Assis Brasil para realizar o retorno. Quem se desloca pela freeway em direção ao Litoral também não consegue acessar o município.
Outras obras de acesso em andamento na freeway
Km 4,8, em Osório: nova alça que permitirá ligação da freeway à RS-030 e à RCS-101
Km 32,1, em Santo Antônio da Patrulha: duas novas alças que permitirão ao motorista que segue pela rodovia, no sentido Litoral Norte-Porto Alegre, retornar à estrada no sentido Porto Alegre-Litoral utilizando o viaduto existente.
Km 80, em Gravataí: novo acesso que contemplará três novos movimentos de entrada e saída ao município de Gravataí, em ambos os sentidos.
Km 62,6, em Gravataí: obras para interconexão.

Deixe seu Comentário